Apoios

ATLAS vence Prémio Fidelidade Comunidade

O Prémio Fidelidade Comunidade decorre no âmbito da estratégia de envolvimento com a comunidade e no quadro do programa de responsabilidade social da Fidelidade. Este tem como missão o fortalecimento do setor social através do apoio a instituições que desenvolvam a sua atividade nos temas da inclusão social de pessoas com deficiência ou incapacidade, prevenção em saúde e envelhecimento.

A ATLAS – Associação de Cooperação para o Desenvolvimento foi uma das 17 entidades distinguidas com o Prémio Fidelidade Comunidade, entre as 321 candidatas , em 2019.

Provenientes de todo o país, com 74% das entidades a proporem projetos de iniciativas para os beneficiários e 26% com propostas para o seu Desenvolvimento. Em termos de eixos de intervenção, 40% das candidaturas focam-se na Inclusão social de pessoas com deficiência ou Incapacidade, 40% no Envelhecimento e 20% na Prevenção em saúde.

A aferição das 17 instituições sociais vencedoras ficou a cargo de um júri independente composto por Maria de Belém, Madalena Santos Ferreira, Isabel Capeloa Gil, Filipe Almeida e Jorge Magalhães Correia.

Impacto

Com o Prémio Fidelidade Comunidade vai-nos ser possível a implementação de uma plataforma de CRM, a reformulação e criação de peças de comunicação para divulgação da organização e a contratação de um serviço de consultoria para definição do plano estratégico e de crescimento, com vista a garantir a sustentabilidade e crescimento.

Conheça os 17 vencedores da edição de 2019 aqui.

Ler Mais

Portugal Inovação Social apoia combate ao Isolamento Social de Idosos

A Portugal Inovação Social é uma iniciativa pública que visa promover a inovação social e dinamizar o mercado de investimento social em Portugal. Com diversos instrumentos de financiamento apoiam projectos que proponham abordagens alternativas e inovadoras para responder a problemas sociais.

Desde 2009, a Atlas mobiliza a sociedade civil para a problemática do Isolamento Social na população Idosa. Ao longo desta década o envolvimento de grupos de voluntários e empresas parceiras permitiram alargar o impacto deste projecto e contribuir para apoiar mais pessoas e atingir novas regiões. Em 2018 o Projeto Velhos Amigos contou com a colaboração de 288 Voluntários em 4 cidades –Coimbra, Leiria, Marinha Grande e Pombal – e com a colaboração de diferentes parceiros locais (restaurantes, empresas, instituições e particulares) que se demonstraram essenciais para se ter conseguido a entrega de 6152 refeições quentes aos beneficiários do Velhos Amigos.

Com o objetivo de introduzir o acompanhamento contínuo e estimulação cognitiva e socialização através da utilização de ferramentas digitais, acrescido à sua atuação regular, a ATLAS submeteu em Setembro de 2019 uma candidatura ao instrumento de financiamento Parcerias para o Impacto, no âmbito do Portugal Inovação Social, Programa Operacional Inclusão Social e Emprego.

Com a aprovação deste projeto é mantida a génese do projeto Velhos Amigos com a mobilização da sociedade Civil e a entrega de refeições e é permitida uma acrescida monitorização e acompanhamento do bem-estar e qualidade de vida. Este projeto, visa no total 90 pessoas com mais de 65 anos dos municípios de Pombal, Leiria, Marinha Grande e Batalha concretizando-se num aumento de pessoas apoiadas e na entrada numa nova localidade.

No âmbito da Mobilização da Sociedade Civil a Atlas vai realizar ações com o objetivo de criar, manter e divulgar a rede e o projeto Velhos Amigos. Para além da procura de voluntários e o alargamento da rede de parceiros objetiva-se o apoio na sinalização de idosos que se encontram em situação de isolamento ou vulnerabilidade.

As relações criadas entre idosos e voluntários assim como o tempo que partilham é o “cerne” do projecto Velhos Amigos. As refeições doadas permitem minimizar problemas de subnutrição, garantindo refeições completas e nutricionalmente equilibradas. As refeições, cedidas pelos restaurantes parceiros, permitem entregar a cada Velho Amigo de uma refeição quente todos os fim-de-semana. O grupo de voluntários da Atlas leva as refeições e aproveita este momento para outras ações.

O objetivo último desta iniciativa é promover a inclusão social e bem-estar dos nossos Velhos Amigos, mantendo-os no centro da atuação!

Plataforma de Treino Cognitivo

Para a Monitorização e Acompanhamento, para além do contacto semanal com os voluntários será utilizada uma Plataforma de Treino cognitivo e Socialização e o Dispositivo de Georreferenciação.

A Plataforma de Treino cognitivo e Socialização permite medir, treinar e monitorizar as áreas cognitivas bem como a realizar videochamadas e ter acesso a uma rede social privada e segura. É de realçar que a Plataforma permite criar e adaptar os planos de treino cognitivos através da aplicação de mecanismos e algoritmos inteligentes, personalizando e ajustando os treinos às especificidades e necessidades de estimulação da pessoa.

O Dispositivo de Georreferenciação permite um acompanhamento da pessoa em ambiente domiciliário e no exterior. Através de um pedido SOS accionado pela pessoa ou da detecção de queda é realizada uma chamada de forma automática e em alta-voz.

A Ficha de Projeto pode ser consultada aqui.

Portugal 2020

  • Nº da Candidatura: POISE-03-4639-FSE-000627
  • Programa Operacional: Programa Operacional Inclusão Social e Emprego
  • Título da Operação: Velhos Amigos
  • Tipologia da operação: 3.33 Programa de Parcerias para o Impacto
  • Financiamento Público: 125 871.70€
  • Financiamento Privado: 53945.
Ler Mais
Close Bitnami banner
Bitnami